sábado, 31 de dezembro de 2016

Livros Lidos em 2016

2016

  1. Felizes para sempre - Kiera Cass
  2. A Bibliotecária de Auschwitz - Antonio G. Iturbe
  3. Harry Potter e a pedra filosofal - J.K. Rowling
  4. Harry Potter e a câmara secreta - J.K. Rowling
  5. Harry Potter e o prisioneiro de Askaban - J.K. Rowling
  6. Harry Potter e o cálice de fogo - J.K. Rowling
  7. Harry Potter e a ordem da fênix - J.K. Rowling
  8. Harry Potter e o enigma do príncipe - J.K. Rowling
  9. Harry Potter e as relíquias da morte - J.K. Rowling
  10. Quem é você, Alasca? - John Green
  11. A menina que colecionava borboletas - Bruna Vieira
  12. Deixe a neve cair - John Green, Maureen Johnson e Lauren Myracle
  13. A filosofia de Tyrion Lannister - George R. R. Martin e Marcia Blasques
  14. A estrela que nunca vai se apagar - Esther Earl e John Green
  15. A livraria 24 horas do Mr. Penumbra - Robin Sloan
  16. Se eu ficar - Gayle Forman
  17. Para onde ela foi - Gayle Forman
  18. Para todos os garotos que já amei - Jenny Han
  19. Proibido -Tabitha Suzuma
  20. Caixa de pássaros - Josh Malerman
  21. Cinderela pop - Paula Pimenta
  22. O menino da mala - Lene Kaaberbøl
  23. Enquanto eu te esquecia - Elisa Nazarian
  24. O oceano no fim do caminho - Neil Gaiman
  25. A Coroa - Kiera Cass
  26. A Garota do calendário Janeiro - Audrey Carlan
  27. Yaqui Delgado quer quebrar a sua cara - Meg Medina
  28. Veneno - Sarah Pinborough
  29. Feitiço - Sarah Pinborough
  30. Poder - Sarah Pinborough
  31. Um gato de rua chamado Bob - James Bowen
  32. A Garota do calendário Fevereiro - Audrey Carlan
  33. Destino - Ally Condie
  34. Como eu era antes de você - Jojo Moyes
  35. Depois de você - Jojo Moyes
  36. A Garota do calendário Março - Audrey Carlan
  37. Paixão sem limites - Abbi Glines
  38. Tentação sem limites - Abbi Glines
  39. Amor sem limites - Abbi Glines
  40. Rush sem limites - Abbi Glines
  41. Estranha perfeição - Abbi Glines
  42. Simples perfeição - Abbi Glines
  43. A Primeira chance - Abbi Glines
  44. Mais uma chance - Abbi Glines
  45. Para sempre minha - Abbi Glines
  46. Kiro's Emily - Abbi Glines (Ebook)
  47. When im gone - Abbi Glines (Ebook)
  48. When you're back - Abbi Glines (Ebook)
  49. The best goodbye - Abbi Glines (Ebook)
  50. Up in flames - Abbi Glines (Ebook)
  51. Álbum de casamento - Nora Roberts
  52. Mar de rosas - Nora Roberts
  53. Bem-Casados - Nora Roberts
  54. Felizes para sempre - Nora Roberts
  55. Surpreendente - Maurício Gomyde
  56. A Garota do calendário Abril - Audrey Carlan
  57. A Garota do calendário Maio - Audrey Carlan
  58. A Garota do calendário Junho - Audrey Carlan
  59. A Garota do calendário Julho - Audrey Carlan
  60. O ar que ele respira - Brittainy C. Cherry
  61. O Duque e eu - Julia Quinn
  62. A Garota do calendário Agosto - Audrey Carlan

domingo, 28 de agosto de 2016

Resenha: Paixão sem limites - Abbi Glines


Autora: Abbi Glines
Tradutora: Fernanda Abreu
Editora: Arqueiro
Páginas: 192
Ano de lançamento: 2013

Paixão sem limites é o primeiro livro da série Rosemary Beach.

Blaire está passando por uma fase difícil em sua vida. Foi abandonada pelo pai no começo da adolescência, perdeu a irmã ainda criança e acabou de perder a mãe para o câncer após três anos de tratamento. Com isso, depois de cinco anos sem notícias de Abe (seu pai), foi obrigada a pedir a sua ajuda após se desfazer da casa em que morava e sua avó havia lhe deixado no Alabama, para saldar todas as dívidas médicas. No fundo ela sabe que não pode confiar nele, porém, ele é a sua única chance de ter algo próximo a um lar durante o tempo que ela necessitará para encontrar uma forma de se manter sozinha.

Abe tem uma nova realidade, se casou e tem uma nova família. Ao pedir sua ajuda, ele acaba mandando Blaire ir para Rosemary, na Flórida, para que resolvam tudo. Mas ao chegar, ela se depara com uma mansão à beira-mar e um mundo de luxo completamente diferente do seu. Como se nao bastasse é surpreendida ao saber que seu pai viajou com a madrasta para Paris, e a abandonou mais uma vez deixando-a com Rush Finlay, que não parece feliz com sua chegada. Com isso, Blaire acaba conhecendo Grant e Nan, os irmãos de Rush.

Filho de sua madrasta com um famoso astro do rock e também dono da casa a qual foi enviada Rush é extremamente sexy e orgulha-se de levar várias garotas para a cama e dispensá-las no dia seguinte. Sem saber o que fazer, sem ter pra onde ir e sem dinheiro para se manter, Blaire dá o seu melhor para convence-lo de que não será nenhum incômodo para ele mesmo sabendo que não é bem vinda . No entanto, as coisas se complicam quando ela se vê encantada pelo bad boy que possui o poder de estraçalhar seu coração com um segredo que pode mudar a vida de ambos para sempre, e o faz se distanciar dela mesmo quando ele anseia por sua presença.
“Sentia uma atração por ele que não conseguia explicar. Quanto mais ele mantinha distância, mais eu queria me aproximar.” Blaire

“Não posso tocar em você. Quero tanto fazer isso que está doendo, mas não posso. Não vou magoar você. Você é... perfeita, intocada. E no final nunca me perdoaria.” Rush


Rush sabe que precisa manter distância de Blaire, mas com o passar dos dias o inevitável acontece, eles se entregam à paixão que sentem um pelo outro. É incrível ver eles juntos, e impossível não torcer por eles. Infelizmente Blaire não fazia ideia de que o segredo que Rush guardava poderia acabar com o que eles tinham e com suas esperanças. Um drama familiar que vai abalar ainda mais sua vida.

 “Seus olhos nunca deixaram os meus. Eu segurei seu olhar. Eu podia ver a tempestade em seus olhos. Eu sabia que ele estava confuso. Eu podia ver o medo. Depois, houve o amor. Eu vi. O ardor nos olhos. Eu acreditei. Eu podia vê-lo claramente. Mas já era tarde demais. O amor não era suficiente. Todo mundo sempre disse que o amor era suficiente. Não era. Não quando sua alma foi quebrada.” Blaire

Os personagens definitivamente são do tipo que nos deixam em uma montanha-russa de emoções. Por alguns nos apaixonamos logo de cara, outros nos fazem odiá-los, e alguns aprendemos a amar com o desenrolar da história. O livro parece bem clichê se você só ler a sinopse "Garoto rico encontra garota problemática e ambos se apaixonam loucamente...", porém a autora conseguiu caracterizar bem o gênero new adult com uma gigantesca carga dramática e particularmente, uma história bem diferente do que eu esperava. Eu gostei da capa, achei que tem tudo haver com a história, gostei da cor das páginas e das letras que não atrapalham a leitura, e gostei muito da trama.

Por fim, deixo um conselho para quem tem interesse em começar a ler essa série: não inicie a leitura se não estiver com todos os volumes em mãos, porque quando terminar o primeiro você vai querer mais!

Eu nunca tinha tido interesse em ler os livros dessa saga mesmo já tendo visto em várias promoções muito boas, porém nem tinha lido a sinopse para saber do que se tratava. Resolvi comprar graças a indicação de uma amiga (Obrigada Rafa) e não me arrependi nem um pouquinho. Comprei o meu na Submarino e paguei R$9,90.  
 
Deixe seu comentário e se você já leu, me diga o que achou! 

quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Resenha: Proibido - Tabitha Suzuma


Autora: Tabitha Suzuma
Tradutora: Heloísa Leal
Ano de lançamento: 2014
Número de páginas: 302 páginas
Editora: Valentina
Onde comprar: SaraivaSubmarino e Lojas Americanas



Proibido é um livro incrível, porém polêmico. Conta uma história de amor proibido, incesto, entre dois irmãos, Lochan e Maya.

Lochan é um garoto de 17 anos, extremamente tímido e inteligente. Maya é uma menina de 16 anos, doce e ao mesmo tempo durona. O pai deles se separou de sua mãe quando Lochan tinha 12 anos e Maya 11 (e os irmãos: 8, 3 e meses de vida),e além de trocar a mãe por uma mulher mais nova, se mudar para a Austrália e formar uma nova família, o pai nunca mais procurou saber dos cinco filhos, ou seja, também não contribui com nada. Com isso a mãe deles virou uma verdadeira louca (para não usar uma xingamento) e é a pessoa de quem você mais sente ódio no livro inteiro . Após ser abandonada, ela surtou e resolveu viver a juventude que perdeu ao ter se tornado mãe tão cedo de cinco crianças, culpando constantemente Lochan por todos os fracassos que ocorreram em sua vida, pois por estar grávida dele, ela diz ter se casado tão cedo e a vida dela ter acabado, uma pessoa completamente desestruturada e que não merece de maneira alguma os filhos que tem.


Com tudo isso, Lochan é visto como o homem da casa, e esse papel não é meramente figurativo, ele é realmente como um pai para seus irmãos. E Maya por ser apenas 13 meses mais nova do que Lochan, é vista como a mãe. Eles levam e buscam na escola, fazem comida, cuidam da casa, da roupa, do dever de casa, da hora de dormir, da higiene pessoal e tudo o mais. Eles fazem isso tentando esconder das outras pessoas o vício da mãe para que não sejam separados e enviados para um orfanato onde nunca mais se veriam. A família recebe ajuda do governo, mas mora em um bairro pobre e mal tem o suficiente para sobreviver. Tendo um trabalho, um namorado e fazendo turnos extras, a mãe gasta quase todo o dinheiro que ganha em roupas e presentes para si mesma, não estando nem ai para os filhos. Alcoólatra de marca maior, quando não está fora de casa com o namorado está bêbada no sofá.


Suportam tudo para que possam ficar juntos como a família que são. Willa, de 5 anos, é a única coisa fofa do livro. Ela é feliz e por ser a mais nova e não entender bem o que acontece ela nunca reclama de nada. Tiffin é o típico garoto hiperativo de 8 anos que adora jogar futebol e não quer tomar banho ou fazer o dever de casa. E Kit é o super revoltado de 13 anos que não se conforma em ter sido abandonado pelos pais, não respeita os irmãos e faz de tudo para dificultar a vida de Lochan.


Durante a leitura do livro, percebemos que Maya é o porto seguro de Lochan, o que o mantém forte, é a ela a quem ele recorre, e por mais que eles sejam irmãos você não sente a relação de irmãos entre eles porque se tratam como iguais. Ambos não escondem nada um do outro, discutem todo e qualquer problema, dividem todas as responsabilidades. Veem-se como iguais e se apoiam mutuamente, e é dai que o amor deles nasce e começa a confusão de sentimentos que faz o leitor ter vários tipos de reações diferentes.



A relação entre Lochan e Maya não é forçada, eles tentam esconder o que sentem um do outro e até mesmo se recusam a acreditar que sentem algo além da relação de irmãos, e que é amor de verdade um pelo outro. Foi bem fácil ver o amor florescendo entre eles e se eles não tivessem sido forçados a serem adultos tão cedo e terem que cuidar dos irmãos, talvez tivessem tido outro tipo de relação. Acredito que as circunstancias ajudaram no sentimento. Mas o que eles têm é consensual e eles tentam negar, tentam lutar contra porque sabem que incesto é errado e considerado crime, mas acabam não conseguindo. Lochan tem problemas sociais, ataques de pânico e não se comunica com ninguém que não seja da família. Ele não consegue conversar com ninguém ou falar em público e é lindo ver como o amor de Maya o muda, fazendo-o ficar melhor e mais forte.


O livro é lindo, as cenas são bem descritas, os sentimentos são convincentes e tudo forma um perfeito pacote. Você se revolta com a situação que eles são obrigados a suportar, e mais ainda com o final do livro.


Proibido é um livro forte e extremamente carregado de emoções. O leitor tem que saber que está lendo um livro com um tema polêmico e entrar de cabeça na história, sem preconceitos, e de coração aberto. O tema é complexo, embora não poder ter relações com irmãos seja cultural, afinal, antigamente casava-se dentro da própria família (com primos ou irmãos)justamente porque achavam que fortalecia o sangue. Apesar de ter muitos sentimentos bons, o livro vai te deixar confuso(a) em algum momento. Em outros o leitor também não consegue entender como pode parecer tão errado, mas ao mesmo tempo torce para que consigam ficar juntos. É um livro incrível, me fez chorar (e muito) e também me fez sorrir, um verdadeiro mix de emoções. Com toda certeza entrou pra lista dos meus favoritos!



A edição é linda, as páginas são amarelas, e a letra de um ótimo tamanho (tanto que não atrapalha na hora de ler) e eu me apaixonei tanto pela capa do livro quanto pela história. Comprei o meu em uma promoção na submarino e paguei R$15,90.  

Desculpem pelo tamanho da resenha, mas era impossível falar pouco sobre esse livro. Espero que tenham gostado e não esqueçam de me dizer a opinião de vocês!!