sexta-feira, 24 de março de 2017

Resenha: Escola dos mortos - Karine Vidal

Título: Escola dos mortos
Autora: Karine Vidal 
Páginas: 343
Onde baixarClique aqui
Instagram do livro: @escoladosmortos_livro 
 Sinopse: "Lara Valente irá morrer, mas é agora que sua história começa. Lara será enviada para um internato na Inglaterra, onde situações misteriosas ocorrem repetidamente. Lara descobrirá a existência de um Assassino na escola,  que seleciona e mata apenas os melhores alunos: os mais interessantes,  bonitos e ricos. Lara será morta e acordará em um caixão, dentro de um universo paralelo: o mundo dos morto, que coexiste em segredo bem debaixo do nariz dos alunos vivos. Nessa sociedade secreta , Lara irá se apaixonar, fazer amigos e  descobrir o terrível segredo por trás da sua morte. Escola dos Mortos é um romance em que nenhum coração sairá ileso. Você descobrirá que nesse mundo oculto extasiante, os mortos dentro dos caixões nunca dormem."

Lara Valente é uma jovem carioca, de dezoito anos e surfista. Tem uma vida simples, morando com a irmã Ana e a mãe Helena em um pequeno apartamento na Lapa, já que seu pai Edward, inglês e rico, as abandonou e desapareceu quando Lara tinha 6 anos e sua irmã ainda estava na barriga da mãe. Porém tudo muda quando Sr. John Fitelberg bate em sua porta com a notícia de que seu avô desconhecido faleceu e deixou pra ela uma pequena fortuna. Mas como manda o testamento, existe uma única condição para Lara conseguir o dinheiro: passar um ano na Escola dos Sotrom, na Inglaterra. 

Como o dinheiro ajudaria bastante sua família, Lara decide ir, o que ela não imagina é que a escola possui um segredo. Por ser uma novata ninguém a conta, até que ela mesma se depara com vozes de gente morta em gravadores, mortes misteriosas, meninas mortas que ainda moram nos quartos e diversas situações misteriosas que ocorrem repetidamente. Até descobrir que um assassino anda pela escola selecionando apenas os melhores, mais bonitos, ricos, inteligentes e com um futuro brilhante pela frente para a morte.

"Sou do Rio, sou do surf, sou do sol e do mar. Minha alma é alegre como o verão eterno desse lugar. Foi por isso que o assassino me quis: eu brilhava. Isso me fez feliz, mas também me matou." 


A questão é, Escola dos Sotrom ou Escola dos mortos?

"Eu olhei nos olhos frios do assassino e avisei:
- Nao vou deixar que você me esqueça.
E entao ele me empurrou do penhasco. Bati a cabeça e morri rapidamente. Mas você se enganou se achou que minha história termina aqui: é agora que ela começa."


Lara é assassinada, mas é depois de sua morte que sua história começa. Acordará em um mundo paralelo, onde só vivem os que foram escolhidos a dedo pela morte. Todos que foram assassinados na Sotrom vão para a Escola dos Mortos, uma sociedade escondida que coexiste em segredo com a escola dos vivos.

"Lá estava ele. Sentado à mesa, calado, os olhos negros ardendo, arrogantes.
- Quem é ele? - perguntei.
- Seu nome é Luka Ivanovick. Morreu há dez anos. Mas não se empolgue. Ele não vai falar com você. Luka odeia todo mundo. Aparentemente mulher nenhuma por aqui é boa o suficiente para ele."


Lara fez de sua morte um grande evento, felicidade era o seu dom e no mundo dos mortos não foi diferente. Ela fez daquela escola seu reinado, se reencontrou, se descobriu popular, conheceu pessoas incríveis, e se apaixonou pelo garoto mais intocável da escola, Luka Ivanovick. 

"Dizem que todo mundo gosta das pessoas simples e doces. Eu não. Preferia aqueles que tinham um pouco de pimenta para temperar a alma, uma dose de loucura e ocultismo para instigar o mistério. Pessoas complexas."


Olhos com íris mais negras do que o próprio escuro, íris de tigre, apimentadas. Seu cheiro de especiarias vindas da Índia, quente, promíscuo, fervente e exótico. Corpo forte, exalava poder. Tudo nele era mistério, inebriante, quente, poderoso e com uma aura negra. O homem dos sonhos de toda mulher, olhar para ele era hipnotizante, só tinha um problema, Luka não queria e nem olhava para ninguém.

"Eu sonhei em sentir o gosto do seu beijo. Luka tinha um sabor apimentado, misterioso, gosto de especiarias de terras quentes, longínquas. Tudo nele era dominação. Quando ele me beijou, invadiu-me. Eu não tinha para onde correr. Nem queria. Ele era um predador, e eu queria ser pega."


A partir daí tudo na história é ligado a um acontecimento, que é ligado a outro e outro e por aí vai. Se eu continuar vou acabar dando muitos spoilers e todo mundo merece ler esse livro e conhecer o universo de Lara van Pelt Valente e de Luka Ivanovick, só para entrar pra lista dos melhores lidos também. 

Acontecem tantas coisas nesse livro que fica difícil pensar em outra palavra que não seja "incrível". Em algumas cenas senti uma nostalgia gostosa  lembrando de Crepúsculo e  Jogos Vorazes, porém o livro é escrito de uma forma única, sem nunca copiar nenhuma das histórias. Possui um enredo bem diferente, nunca tinha lido algo do tipo e me surpreendi muito positivamente.  Tem trechos maravilhosos (salvei vários) e tive diversas reações e sentimentos durante a leitura. Perdi o fôlego várias vezes, senti meu coração acelerar e quase parar em alguns momentos, me emocionei, e me senti parte da história. 

Karine, você está de parabéns! Esse com certeza virou um dos meus livros favoritos e eu espero ansiosa esse livro ser publicado e a continuação dele sair. Virou meu xodó! 

Quem também quiser ler o livro é só clicar no link disponibilizado na descrição ali em cima, e quem não conseguir baixar por lá é só entrar no instagram (@escoladosmortos_livro) que a Karine envia por e-mail para quem pedir. 

Espero que vocês tenham gostado da resenha, um beijo e um queijo ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário