quinta-feira, 31 de agosto de 2017

Resenha: Mais perto do coração - Renata S. Tourinho


Título: Mais perto do coração
Autor(a):  Renata S. Tourinho
Editora: Chiado
Páginas: 74
Ano de lançamento: 2016
Onde comprar: Saraiva e Livraria Cultura.
Sinopse: “Marina é uma pequena menina que vive em um mundo separado em cores. Um dia a menina recebe de um amigo um presente misterioso que a deixa curiosa.  Ela então decide corajosamente viajar sozinha em seu barco em busca de respostas. Em seu caminho, Marina faz novas amizades e descobertas, com muitas aventuras que irão colorir e mudar o seu mundo para sempre.”


"Mais perto do coração" conta a história de Marina. Uma menina cor-de-rosa que morava em um país dividido por cores, e o seu, assim como ela, também era cor-de-rosa. 

Porém, a menina não sabia que existiam outras cores além da sua, e é somente quando Jorge, um pescador amigo, lhe entrega conchinhas verdes, que a menina descobre a existência de outras cores. Com isso, pega o barco do pescador emprestado, dá-lhe o nome de Sonho, se despede da família e amigos, pega várias flores cor-de-rosa para presentear quem encontrar pelo caminho, e resolve sair em busca do país verde. 

"Compreenderam que aquele era seu sonho. E quando uma pessoa tem um sonho ela não pode desistir dele."

Cada país que Marina encontra pelo caminho e conhece durante sua busca, tem uma cor diferente. E em cada um ela faz uma nova amizade, além de deixar uma flor cor-de-rosa de presente e ganhar uma nova companhia na viagem. 

"Era tão gostosa a liberdade que experimentava navegando em seu barco e a alegria brotava em seu coração cada vez que pensava na possibilidade de encontrar um mundo novo."

Cada um de seus novos amigos e companheiros de viagem dá um nome ao seu barco relacionado a alguma das virtudes que devemos ter em nossa vida, sendo eles: Pedro do país azul com seu barco Aventura; Marília do país lilás com seu barco Tolerância; Miguel do país laranja com seu barco Solidariedade; Isabel do país vermelho com seu barco Amor; E Eduardo do país amarelo com seu barco Esperança. E juntos, saem em busca de um único objetivo.


"Podemos perfeitamente conviver com quem é diferente. Podemos aceitar a diferença, tanto na aparência, como no modo de viver e de pensar de uma outra pessoa. A isso se dá o nome de tolerância..."

"O nome disso é solidariedade. Ser solidário é ajudar o próximo sem ter o interesse de ganhar algo em troca, é dar apoio, é ser amigo. É também se colocar no lugar do outro e entender o que ele sente."

"...Acho que o amor faz o nosso coração bater dentro do peito de outra pessoa, e deixa o coração de outro bater dentro do nosso peito."

"Ter esperança é confiar que algo que você espera vai acontecer. É acreditar nisso."

"Ter fé é ter confiança, é acreditar com toda força. Fé é algo muito parecido com esperança."

Contudo, nem tudo é tão simples como parece, e eles enfrentarão algumas dificuldades pela frente. Em meio à viagem acontece uma tempestade que acaba fazendo um dos barcos se desprender dos demais e se perder. Este é o momento mais claro do livro, em que a autora quis representar as tempestades de nossa vida.

"Às vezes nós somos pegos por alguma tempestade no caminho. E muitas vezes elas vêm furiosas, assustam muito. Nos sacodem, tiram tudo do lugar. E podem nos afastar das coisas boas de que gostamos e que nos fazem bem. As tempestades podem ser tão fortes que nos tiram do nosso caminho, nos deixam perdidos e sem rumo. E no meio delas é comum sentir medo, dúvida e outras coisas como ansiedade e nervosismo. Tempestades podem até mesmo machucar e ser muito dolorosas. Mas sabe de uma coisa? Elas não duram para sempre. E se você for pego por alguma no meio do seu caminho você precisa aprender a não escutar tanto os meninos que gritam nesses outros barcos que aparecem de repente. Você precisa aprender a escutar também a voz dentro de você. A voz que te diz que você deve guiar seu barco com força para que ele mantenha-se equilibrado e não vire. Escute a voz que te diz que a tempestade vai passar e que você vai ficar bem."

É um livro em que cada detalhe dele é importante. A leitura é leve e fluída, o que nos faz terminar o livro em poucas horas. Pode até parecer infantil, mas todos deveriam ler! Várias lições nos são passadas através das páginas, assim como muitas reflexões. É aquela obra pequena, mas com um conteúdo surpreendente e cheio de significado que vai te emocionar e ensinar.

E falando em emocionar e ensinar, é um livro perfeito para ser trabalhado nas escolas pelos professores. Pois além de abordar temas como preconceito, bullying, aceitação ao desconhecido, amizade, família e muitos outros que fazem parte do nosso dia-a-dia, a autora trabalha virtudes que todos devem exercitar e principalmente as crianças devem aprender desde cedo. 

A capa está lindíssima, assim como a diagramação que contém lindos desenhos de barcos e conchas (que foram feitos pela filha da autora). As páginas são amarelas e a narrativa é em terceira pessoa, o que nos passa a sensação de estarmos sentados ouvindo uma história com a autora. 

É uma obra que abre nossos olhos, nos faz ver a verdadeira importância das coisas e de nossas atitudes. Nos mostra que aceitar conhecer o diferente é importante, pois ninguém é igual, e é somente quando juntamos nossas diferenças que conhecemos e entendemos as qualidades um do outro e o que temos a oferecer. 

Meu exemplar autografado <3

Esse é mais um novo integrante da lista de favoritos. Super recomendado! 
*Detalhe na foto para os meus marcadores lindos do Arti Visive <3 
Espero que tenham gostado e não esqueçam de me dizer se já leram ou pretendem.
Um beijo e um queijo ;*

Apresentando: É inverno - Cecília Mouta

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Ontem não teve post pois tive um dia agitado, e por isso hoje terão dois. E o primeiro deles é a apresentação de mais um livro (lindo, por sinal) que recebi segunda-feira (28/08) em parceria com a autora Cecília Mouta para o projeto #ValorizandoNacionais (que todos estão convidados a participar, viu?!). 


Sinopse: "Izzy é fascinada pela neve, o inverno é sua estação do ano preferida. Todos os dias, na escola, ela se diverte com seus melhores amigos: Lil, Sam e Mat. Porém, Lil sofre de pesadelos e toda vez que os tem, algo ruim acontece em seguida.

Naquele ano o inverno estava diferente, intenso. E, certo dia, Lil tem um pesadelo que muda completamente a vida dos quatro amigos. Os episódios seguintes levam o leitor a viver momentos emocionantes nas descobertas que Izzy faz sobre a própria vida. Até que chega o momento crucial em que ela tem que fazer uma escolha que poderá colocar um ponto final em toda a sua história até ali, inclusive na amizade com sua melhor amiga Lil."

Alguém aí já leu ou pretende? Me contem aqui! 
Um beijo e um queijo 😘

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Resenha: Luana a filha da lua - Ronaldo Santana e Flaviana Rangel


Título: Luana a filha da lua
Série: Luana a filha da lua (Livro 1)
Autores: Ronaldo Santana e Flaviana Rangel
Editora: RJR Produções
Páginas: 224
Ano de lançamento: 2016
Onde comprar: Submarino, Lojas Americanas e Amazon.
Sinopse: "Luana é uma menina de 12 anos que teria tudo para ser como as outras, não fossem seus estranhos cabelos prateados, cuja origem é um verdadeiro mistério. Um enigma que Luana terá que desvendar, pois sua vida corre perigo quando uma feiticeira aparece para matá-la e, inconscientemente, um poder descomunal proveniente de seus cabelos a salva. Agora, ela precisa descobrir sua origem para entender esses poderes, antes que a feiticeira Irina os roube dela, usando-os para o mal."
Assista ao Booktrailer.


Luana é uma menina de 12 anos muito especial. Sua aparência é seu principal destaque graças aos seus cabelos prateados (naturais), porém suas origens são desconhecidas. Tudo o que se sabe é que Luana foi adotada ainda bebê.


"Luana, uma variante romena do nome grego Helena que quer dizer luminosa, que nome óbvio para uma menina de cabelos tão brilhantes!"

No entanto, tem uma vida boa estudando na melhor escola, uma boa condição financeira, possui pais que a amam e amigas inseparáveis (e populares), Vitória e Ingrid. Porém, as coisas começam a mudar quando misteriosamente seus cabelos começam a brilhar.

O primeiro "vestígio" deste mundo oculto se revela como uma loja no shopping que Luana sempre frequentou, mas nunca havia visto antes. Depois dessa visita, ela sofre um ataque no caminho para casa e a partir desse momento, começa a ficar cada vez mais claro que Luana corre perigo, e ao mesmo tempo, que existe uma realidade oculta com a qual está envolvida. 


"Lembre-se que somos apenas água, e essa é a vida do mundo."

Luana ainda não sabe, mas é muito poderosa e justamente por não saber sobre suas origens, não entende sobre os seus poderes e fica suscetível a perdê-los com mais facilidade. E é aí onde conhecemos Irina, uma aprendiz de feiticeira que fará de tudo para "acertar" as contas com a garota e virar um bruxa poderosa.


"-Onde há medo, há poder."

A parte fantástica do mundo de Luana começa a aparecer para ela aos poucos, e inicialmente a mesma fica perdida, porém cada vez mais imersa nos detalhes mágicos que a cercam e buscando saber mais. É uma protagonista forte, bem centrada, logo decidiu o que queria, e não teve medo de procurar saber quem era. Sem esquecer da melhor parte, nesta obra temos também o "Realismo Fantástico" (Já tinha lido livros no gênero, mas não conhecia o termo), onde temos a inserção de elementos fantásticos no mundo real. Ou seja, Luana é uma menina normal que faz as mesmas coisas que qualquer outra menina carioca (Sim, ela é do Rio de Janeiro) e de sua idade e classe social, faria. Os personagens secundários são construídos de forma extraordinária, onde são apresentados à história sem perder o sentido e a complementam ainda mais. 


"Você precisa ter consciência de suas capacidades, você precisa entender que não existe o bem e o mal. Todas as coisas existentes têm seu próprio lugar e função e que devemos nos empenhar na busca da harmonia, contudo, existe o ódio e o rancor."

Uma leitura rápida, divertida e muito envolvente que pode ser realizada em somente um dia. Trás uma narrativa muito bem estruturada, e de fácil entendimento, abordando assuntos do dia-a-dia como, bulliyng e preconceito, mas também da parte mágica como, cultura indígena e wicca (que me deixaram maravilhada). E principalmente porque os autores souberam trabalhar e retratar muito bem a vida dos pré-adolescentes de forma natural, podendo assim, ser indicado para todas as idades e ainda transmitir ensinamentos.


"Nossos ancestrais acreditavam que o poder do criador do Universo era feminino e por isso cultuavam a Deusa. E segundo as crenças Pagãs primitivas, essa Deusa teria criado tudo e todos, até seu próprio complemento, o Deus, que é personificado através do Sol. Você percebe? A bruxaria se baseia no culto à Deusa e ao Deus, nada mais, nada menos que a Lua e o Sol. A bruxaria, também chamada de Arte, é capaz de acolher pessoas das mais variadas idades, raças, posições sociais, de ambos os sexos, que veem em seus ritos e filosofia uma forma de se conectarem com o Divino e a Natureza. A bruxaria orienta que os poderes mágicos são latentes a todas as pessoas, porém, devido ao nosso modo de vida, esses poderes se atrofiaram. O que a bruxaria faz é desenvolver e ampliar essas forças, assim como ensinar e auxiliar a providenciar uma atmosfera propícia na qual elas possam se manifestar."

A diagramação ficou divina (sério, fiquei completamente apaixonada), as letras são grandes, as páginas amarelas, facilitam a leitura, e possuem as fases da lua em todas as páginas, sendo cada capítulo iniciado por uma fase (lindo de se ver).


"Acreditamos que a Deusa é um princípio Divino Feminino Universal, conhecida por suas faces Donzela, Mãe e Anciã. Essas faces correspondem às faces da Lua. Na crescente, a Deusa é Donzela; na cheia, é Mãe; e é Anciã na minguante."

Superando todas as minhas expectativas, repleto de mistérios e magia, o livro nos cativa desde a primeira página e nos deixa aflitos esperando pela continuação. Super recomendado! 




"Eu prefiro acreditar que existem coisas que não entendemos. Faz a vida ter mais graça, sei lá! A vida é meio chata do jeito que é."


Vocês podem ler o primeiro capítulo no site oficial e baixar um conto inédito. 
Ah, e todos que baixarem o conto, irão ganhar um vale desconto de R$5,00 para comprar o livro "Luana a filha da lua" no estande da RJR Editora na Bienal do Livro, que começa nesta quinta, 31/08. E claro, terão a oportunidade de conhecer o autor parceiro do blog, Ronaldo Santana e levar o livro autografado. 

Espero que tenham gostado e não deixem de me dizer se já leram ou pretendem. 
Um beijo e um queijo ;*

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Gêneros Literários - Parte 1

Olá pessoal, como vocês estão? 
Semana passada liberei um post contando sobre uma ideia que eu tive e que gerou mais um "quadro" no blog. Foi o seguinte, eu acabei explicando uma curiosidade que muitos tinham e não sabiam a diferença e obtive um resultado bem positivo, com isso resolvi que queria tirar ainda mais as dúvidas dos leitores e daí surgiu a ideia de falar sobre gêneros literários. 

Vou começar pela parte "complicada", pois os gêneros literários reúnem um conjunto de obras que apresentam características análogas de forma e conteúdo. Essa classificação pode ser feita de acordo com critérios semânticos, sintáticos, fonológicos, formais, contextuais, entre outros. Eles se dividem em três categorias básicas: gêneros épico, lírico e dramático. E vale salientar também que, atualmente, os textos literários são organizados em três gêneros: narrativo, lírico e dramático.



  • Gênero épico ou narrativo: No gênero épico ou narrativo há a presença de um narrador, responsável por contar uma história na qual as personagens atuam em um determinado espaço e tempo. Pertencem a esse gênero as seguintes modalidades: Épico; Fábula; Epopeia; Novela; Conto; Crônica; Ensaio; Romance.

  • Gênero lírico: Os textos do gênero lírico, que expressam sentimentos e emoções, são permeados pela função poética da linguagem. Neles há a predominância de pronomes e verbos na 1ª pessoa, além da exploração da musicalidade das palavras. Estão, entre as principais estruturas utilizadas para a composição do poema: Elegia; Ode; Écloga; Soneto.

  • Gênero dramático: De acordo com a definição de Aristóteles em sua Arte Poética, os textos dramáticos são próprios para a representação e apreendem a obra literária em verso ou prosa passíveis de encenação teatral. A voz narrativa está entregue às personagens, atores que contam uma história por meio de diálogos ou monólogos. Pertencem ao gênero dramático os seguintes textos: Auto; Comédia; Tragédia; Tragicomédia; Farsa.


Espero que tenha começado a esclarecer algumas das dúvidas de vocês, e no próximo post vou começar com os gêneros mais conhecidos (Infantil, Romance, Terror... entre outros.). 
Um beijo e um queijo ;*

domingo, 27 de agosto de 2017

Apresentando: Demônios Domésticos - Tiago Germano

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Ótimo domingo para todos nós! 🙌🏻
Hoje venho apresentar mais um livro que recebi esse mês (24/08) em parceria para o projeto #ValorizandoNacionais, e foi com o autor Tiago Germano (@tdgermano)




Sinopse: "Diante de um carro de som que anuncia a morte dos habitantes de uma cidade e da coleguinha enterrada com o uniforme da escola, um garoto do interior descobre a finitude do mundo e a precariedade das coisas. Nos parênteses abertos por um sorriso e no erotismo imprevisto de alguém comendo paçoca no vagão de um trem, o garoto descobre o amor, seus gestos, seus gostos, um inventário de burburinhos que ele guarda junto com sua coleção de palavras, no fundo de uma gaveta.
Demônios Domésticos, livro de estreia de Tiago Germano, é uma coletânea dos textos narrativos que o autor publicou ao longo de sua carreira como jornalista. As crônicas, divididas em períodos que vão da infância à idade adulta, mostram toda a poesia e o assombro daquelas lembranças que temos que aprender a domar para seguir existindo.
Ao longo das páginas, vamos conhecendo as histórias e os personagens que habitam o imaginário do escritor, este território em que criaturas do passado se misturam a personagens do presente, e o domínio da ficção começa a transpor os limiares do real, passeando junto com ele pela cidade e encharcando seu olhar sobre o cotidiano."

Já conhecem, leram ou pretendem? Me contem aqui! 

Eu estou super ansiosa pela leitura...
Um beijo e um queijo 😘

sábado, 26 de agosto de 2017

Apresentando: Uma vez você, uma vez eu - Diego Martello


Olá pessoal, tudo bem com vocês? Hoje venho apresentar mais um livro que recebi de parceria (dia 14/08, mas o sol só resolveu aparecer ontem) para o projeto #ValorizandoNacionais e dessa vez é do autor Diego Martello (@diegopmartello)! Alguém aí já conhece?



Sinopse: "Marcos e Willian, pai e filho, tentam se reconciliar após anos de desentendimento. Em paralelo, Eva, mulher de Willian, quer a todo custo engravidar, o que frustra o casal. A partir da visão do interior de cada um, esses personagens terão de reconfigurar o modo de pensar para enfrentar os seus conflitos. Nessa fase tão conturbada para todos, reflexões acompanham cada segundo da trajetória deles. Narrada de forma surpreendente, provocativa e crítica, esta obra não tem a pretensão de apresentar soluções para os problemas enfrentados, mas, sim, mostrar as armadilhas de nosso fluxo de consciência, para compreendermos que as soluções dos problemas dependem, muitas vezes, da forma como se lida com as ilusões, ou, ao contrário, como se enxerga verdadeiramente a realidade."

Parece ser um livro bem tocante e estou super ansiosa pra ler! 

Me digam se pretendem ler ou se já leram também.
Um beijo e um queijo 😘

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Parceria com a autora Monica Dombroski



Sinopse: Alicia, Clara e Amanda são três adolescentes que vivem em uma pequena cidade do interior e compartilham uma vida de tédio e poucas perspectivas de futuro. Elas acreditam que os responsáveis pela vida ruim que levam são as pessoas com quem convivem e, aos poucos, a ideia de eliminar algumas pessoas vai amadurecendo até desencadear uma série de mortes e revelações, trazendo um esclarecimento sobre quem realmente é o responsável pela vida de cada uma.

Onde comprar: Amazon e Livraria Cultura.

quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Vamos falar sobre gêneros literários?

Olá pessoal, tudo bem com vocês? 
Vamos falar sobre gêneros literários?! 



  • Vocês sabiam que os gêneros literários surgiram na intenção de ajudar as editoras? 
Quando uma editora queria determinar ou buscar um livro de um mesmo estilo era um pouco complicado, e por isso criaram uma denominação, pois assim ficava mais fácil de se encontrar, divulgar e até publicar. E para o público facilitava a escolha da leitura, pois se leu determinado livro, pode gostar de outro justamente por ser do mesmo estilo (gênero). 

E como eu sei que muitas pessoas têm dificuldade para determinar o gênero de um livro, vou começar uma série de posts no blog (e no instagram) explicando e determinando cada um deles. 

O primeiro post sai na segunda e eu espero que consiga tirar as dúvidas de muitos de vocês e que gostem de acompanhar. 
Um beijo e um queijo 😘

Parceria com a autora Andrea Marques


 Novo trabalho da autora:

Sinopse: "Qual é a probabilidade de uma jovem tímida e conservadora conhecer um garoto de programa, alguém que ganha a vida fazendo sexo por dinheiro?
Os céticos responderiam nenhuma, no entanto um grave acontecimento leva a ingênua e casta estudante de jornalismo, Jennifer Brito, a cruzar o caminho de Lance, um rapaz que vive às custas do prazer que dá as mulheres.
O encontro é rápido, porém intenso o bastante para impregnar em Jennifer as lembranças do sujeito lindo, sensual e corajoso que lhe oferece ajuda num momento tão assustador. Tanto que Jennifer deseja secretamente voltar a vê-lo. Então um convite inusitado conduz novamente a jovem para perto de Lance.
A questão agora é, Jennifer conseguirá se manter afastada do garoto de programa que inegavelmente lhe desperta sua porção mais ousada e sensual? Ela se manterá convicta a seus preceitos morais e religiosos, aos quais sempre foi submetida? Ou se entregará de forma intensa e inconsequente ao desejo que Lance lhe desperta?
Para saber a decisão de Jennifer, será preciso acompanhar sua história, suas ações e sentimentos e inevitavelmente conhecer também o sedutor Garoto de Programa."

Onde comprar: Amazon

Primeiro livro publicado:

Sinopse: "Aos 38 anos de idade, Carolina Borges achava que tinha a vida perfeita. Casada com Miguel, era feliz mesmo sem ter realizado o sonho da maternidade. No entanto, a convivência com o marido e seu bom desempenho profissional a deixavam satisfeita e segura. O destino lhe prega uma peça e, sem esperar, ela vê sua vida se modificar significativamente. Seu casamento chega ao fim, e sua carreira como terapeuta ocupacional, que sempre lhe proporcionou alegrias, passa a torturá-la. Isso acontece quando o jovem arquiteto Alexandre Bastos entra em seu consultório pela primeira vez, despertando em Carol sentimentos conflituosos que a farão repensar seus valores e a obrigarão a sair de sua zona de conforto para se arriscar em terrenos desconhecidos que poderão colocar em risco sua própria vida. Permeado por traições e intrigas, Amor de cordel é um romance contemporâneo que traz à tona assuntos do universo feminino, além de despertar a paixão até nas mulheres mais modernas e independentes."

Onde comprar: SubmarinoSaraivaLojas Americanas e Amazon

Primeiro E-book publicado:

Sinopse: "Alexandre Bastos tem tudo o que um homem pode querer. Beleza, dinheiro, reconhecimento profissional e uma extensa fila de mulheres aos seus pés.
Tudo é perfeito até o seu aniversário de vinte e sete anos, quando Alexandre recebe um presente inusitado, que o conduz até Carolina Borges, uma terapeuta ocupacional poderosa o bastante para despertar no jovem sensações completamente novas.
A princípio, Alexandre enxerga naquela mulher mais velha e experiente apenas sua beleza, e um desejo louco de inclui-la na sua coleção de conquistas começa a persegui-lo. Contudo o jeito doce e meigo de Carol é capaz de ultrapassar a camada superficial do playboy, até atingir seu coração, e quando menos espera Alexandre se vê totalmente apaixonado.
No entanto, o que poderia ser uma conquista fácil perante a sua experiência se mostra algo totalmente desafiador, tudo por conta das ideias preconcebidas de Carol, porém Alexandre é determinado e não desiste do que quer facilmente e desse modo dá uma guinada na sua vida com o propósito de conquistar o coração da mulher que o fascinou.
Para isso ele fará tudo e enfrentará todos os obstáculos, mesmo que isso signifique sacrificar amizades e romper com pessoas queridas, afinal para ele Carol vale todos os desafios.
Olhos de Jade é a versão masculina do romance Amor de Cordel, entretanto, apesar de contar os mesmos fatos do livro narrado por Carol, elementos novos e surpreendentes são trazidos à tona, mostrando que toda a história contada tem sempre pelo menos dois lados."

Onde comprar: Amazon



Contato com a autora: SiteFacebook e Instagram.

quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Parceria com a autora Joana Santos Silva



Sinopse: "'Oníria' são pedaços de uma vida, aconchegada entre o passado e o presente, entre o sono e o sonho. Inquietações que nos apanham de olhos ainda cerrados, desligadas da realidade apenas na medida certa.
Esta é uma obra de sobressaltos que podiam ser os nossos, povoada por desassossegos que são de todos. Feita de momentos que, ao romper da aurora, nos fazem seguir em frente."

Onde comprar: Amazon e Chiado Editora
Contato com a autora: Facebook, Twitter e Instagram.

Parceria com a autora Telma Brites




Sinopse: "Aos 7 anos de idade, Gaia Gottesstein perdeu a mãe de forma misteriosa em um acidente aéreo.
Nove anos depois, foi a vez de o pai desaparecer no fundo do mar sem deixar vestígios.
Assim, Gaia foi obrigada a deixar a América e as pessoas que amava para morar sob a tutela dos tios numa cidadezinha da Alemanha. Lá, a jovem se vê envolvida em uma enigmática história ligada ao passado de sua família, da qual é a personagem central.
A sobrevivência de Gaia depende da crença e da aceitação dos desígnios a que está predestinada.
Onde está o limite entre a realidade e a imaginação?
Gaia será capaz de tomar a decisão certa?
Uma história de fantasia, amor, união... e escolhas que vai prender você do início ao fim."

Onde comprar: Amazon

Parceria com a autora Mônica Cristina


"Paixões Gregas" é uma série de 10 livros que conta a história dos 4 irmãos Stefanos e também da segunda geração deles. Já foram publicados os dois primeiros na Amazon, sendo eles:
                    

Sinopse"Leon Stefanos e seus irmãos carregam marcas de um passado difícil. Agora estão adultos e buscam vingança contra seu grande inimigo, o homem que destruiu suas vidas ainda na infância. Leon está disposto a ir além de seus limites. A vingança não é apenas contra seu inimigo, mas contra toda sua família. Será que a inocente Melissa Kalimontes poderá convencer Leon a esquecer o passado e o peso de seu sobrenome? Será que um amor pode superar a sede de vingança?"

Onde comprar: Amazon







Sinopse: "Heitor Stefanos nasceu numa pequena Ilha grega, cresceu em Nova York e agora vive em Londres, é um jovem milionário solteiro que não tem planos de mudar nada em sua vida que começou difícil, mas hoje é perfeita, ou é o que ele está sempre tentando acreditar. As coisas mudam quando ele descobre que tem uma filha de sete anos. Decidido a conviver com a filha ele dá de cara com Olivia Barnes, a mulher que cria sua filha desde o nascimento e que não tem planos de abrir mão dela. 
     Olivia Barnes vive com sua filha adotiva num pequeno apartamento em Londres, não foi fácil criar a filha de sua irmã, mas hoje Lizzie é tudo que tem, elas vivem uma para outra, tem sido assim há sete anos, mas então seu pai surge em sua porta exigindo a filha. Olivia não pode abrir mão de sua razão de viver.
     Como Heitor e Olivia vão resolver esse impasse? Será que podem chegar a um acordo? O destino cruza suas vidas e agora os dois precisam encontrar uma saída e Lizzie? O que a garotinha de sete anos espera desse novo encontro?"

Onde comprar: Amazon



Contato com a autora: Instagram

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Resenha: Chove Granito - Gabriel Tempobono


Título: Chove Granito
Autor(a):  Gabriel Tempobono
Editora: Independente
Páginas: 100
Ano de lançamento: 2016
Onde comprar: Site oficial 
Sinopse: "Eu falo sobre o agito dos tornados e a fúria das ressacas. Falo Sobre as fotos sem molduras, tortas e escuras. Sobre as cartas borradas pela chuva e por toda maquiagem que escorreu dos olhos dela, ao acordar desesperada e ver que seu amor de uma noite saiu correndo pela porta da frente. Eu falo sobre o medo de altura e sobre ser o Everest. sobre ter o abraço tão quente quanto o Alasca e a mente tão sóbria quanto uma overdose. Tento explicar que não existe coração quebrado que não pode ser colado, costurado e construído do zero. Eu sou uma tempestade de pedras que quebra seu crânio, tritura todos os seus ossos e esmaga todos os seus órgãos, mas dói menos que o amor. Tudo isso é sobre ser a maior tempestade."


"Chove Granito" é um livro de textos curtos e poesia. 

Apesar do nome lembrar algo "ruim", o autor fala sobre o amor. Sentimentos intensos, como amores recíprocos (ou não), separação, segundas chances, corações partidos, superação e principalmente histórias de amor que valem a pena serem contadas e são marcantes por toda uma vida.

"Vai ficar tudo bem. Juro! Sempre fica."

Palavras são colocadas nas páginas com intensidade, de maneira que nos faz perceber exatamente tudo o que o autor quer passar através da leitura e como isso nos move durante a vida. Afinal, quem nunca viveu cada uma das experiências descritas um dia irá viver.

"Eu sou a Palestina e você é Israel - mesmo odiando a existência dessa metáfora. Sou cada lágrima dessas crianças no meio da noite e você é o Hamas ao explodir minha casa e dar risada. Você insiste em dizer que a culpa sempre foi minha. Eu quero meu espaço, harmonia, dormir sem ouvir seus chiliques e acordar sem me sentir sufocado pela fumaça dos seus cigarros baratos."

Um emaranhado de ideias muito bem delineadas, que Gabriel resolveu ilustrar e dispor em forma de livro. Todo o trabalho final ficou extremamente bem feito. Uma edição muito detalhada, com lindas ilustrações e diagramação feitas pelo próprio autor, assim como a publicação independente.

"Nenhuma certeza é absoluta, mas nós somos."

Um livro bem curtinho, mas que dá gosto de ler. Vale a pena pelo capricho, simplicidade dos traços e doçura das palavras. Porque se apaixonar não é uma coisa corriqueira, e muito menos fácil, e com bons conselhos de um amigo, já que é assim que o sentimos quando a leitura é finalizada, quem sabe não ajuda um pouco. 

"Quero ser maior que tudo isso e deixar de ser esse devaneio do que eu acho que sou."

Entrou para os favoritos e ainda ficou cheio de post-its, super recomendado!

"Quero proliferar minha cura como um vírus que mata milhões. Quero que todos encontrem o caminho para o lado de fora dessa prisão que é nossa mente, e que todos os pedaços que se descolaram de mim, se encontrem eu novo lar, por aí, dentro da casa de qualquer um que atravessa as noites sem pregar os olhos, só por estar passando por tudo o que já passei um dia."

(Detalhe para o meu exemplar que veio autografado e cheio de brindes. E para o marcador lindo do Arti Visive)

Espero que tenham gostado, me digam se já leram ou pretendem, um beijo e um queijo ;*

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Parceria com a autora Cecília Mouta



SinopseVocê sabe qual a verdade sobre o efeito borboleta? 
 Nicola é um pesquisador e colecionador de borboletas que perdeu a memória. Durante sua recuperação, com a ajuda de uma psiquiatra, descobre que possui o poder de voltar ao passado e modificá-lo, e também que era apaixonado por uma garota chamada Joana, que aparece repetidas vezes em meio à suas confusas visões.
Pior que uma lembrança morta, é uma lembrança que insiste em ressurgir. E Nicola terá que seguir o fio de suas vagas recordações para desvendar até que ponto alterou seu passado. Porém, este colecionador ainda não tem consciência do quanto o efeito borboleta pode ter afetado seu próprio destino.

 Redes sociais do livro: Página do facebook



SinopseIzzy é fascinada pela neve, o inverno é sua estação do ano preferida. Todos os dias, na escola, ela se diverte com seus melhores amigos: Lil, Sam e Mat. Porém, Lil sofre de pesadelos e toda vez que os tem, algo ruim acontece em seguida.
Naquele ano o inverno estava diferente, intenso. E, certo dia, Lil tem um pesadelo que muda completamente a vida dos quatro amigos. Os episódios seguintes levam o leitor a viver momentos emocionantes nas descobertas que Izzy faz sobre a própria vida. Até que chega o momento crucial em que ela tem que fazer uma escolha que poderá colocar um ponto final em toda a sua história até ali, inclusive na amizade com sua melhor amiga Lil.

 Redes sociais do livro: Página do facebook


Contato com a autora: Instagram

Curiosidade: É SAGA ou SÉRIE?

Olá pessoal, tudo bem com vocês? 
Semana passada o tempo ficou bem ruim por aqui e com isso não consegui fazer fotos novas, principalmente as de resenhas. Pra melhorar o tempo amanheceu ainda pior hoje e ainda não consegui fotografar (essa é uma das fotos que já estavam prontas), mas assim que melhorar os posts vão voltar ao normal, espero que entendam. 



E vamos a uma curiosidade que muitas pessoas têm ou não sabem a diferença: É SAGA ou SÉRIE?
Saga e Série são quase a mesma coisa. Porém, uma é a busca de algo durante toda a trama (saga), e a outra são diversos acontecimentos que no fim, propõe um desfecho significativo (série). 


Vocês têm mais alguma curiosidade em relação ao mundo da literatura? Me digam aqui pois pretendo fazer uma série de posts com curiosidades. 
Espero que tenham gostado, um beijo e um queijo ;*

domingo, 20 de agosto de 2017

Parceria com o autor Bruno Crispim



ROMANCE VENCEDOR DO III PRÊMIO UFES DE LITERATURA
SinopseWill volta do trabalho de ônibus. É um dia como qualquer outro. Se não tivesse ido trabalhar durante suas preciosas férias, ele nem estaria irritado. E se estivesse calmo, talvez não reagisse ao assalto. Mas ele reage. E o péssimo começo só aumenta a brutalidade dos assaltantes.
As complicações dessa escolha ressoarão pelo resto da vida de Will. Dentre os vários feridos, três morrem. Dois, pelas suas mãos.
Vivo, mas traumatizado, Will luta para voltar à vida normal enquanto é bombardeado pelas ideias ingênuas de seu melhor amigo que defende a forma que Will agiu no ônibus. Para ele, a sociedade cria aberrações que não têm o direito de estarem vivas. São pessoas tão cruéis que se fossem eliminadas, todos seriam beneficiados.
Mesmo sem se interessar pelas fantasias do amigo, mais barbárie é trazida à sua vida. Ele tenta, mas não consegue deixar de reagir. A partir daí, ele se envolve numa espiral crescente de violência, desistindo da sua alma para se transformar num justiceiro.
Ele acredita fazer o Bem Maior; um mal necessário, que ninguém tem estômago para fazer. E ele é bom nisso. Ninguém consegue detê-lo. Logo, ele se transforma numa lenda urbana, um dos Caçadores. Ele só não percebe que aos poucos perde sua humanidade e se transforma num dos monstros que costuma caçar.
Só uma pessoa tem o poder de enjaular seu ódio sem limites. Só seu amor pode trazê-lo paz. Mas, depois de tudo o que ele fez, ainda existe algo para ser salvo?

 Onde comprar: Amazon
Contato com o autor: Site oficialInstagram