terça-feira, 30 de janeiro de 2018

Resenha: Não posso resistir - Kely Brenzan

 

Título: Não posso resistir
Autor(a): Kely Brenzan
Editora: Tribo das Letras
Páginas: 320
Ano de lançamento: 2015
Onde comprar: Amazon 
Sinopse: "A vida de Luciana não poderia estar mais chata e tediosa depois de sua amiga casar-se e ir viver o seu “feliz para sempre”, nos Estados Unidos. Morando sozinha no Rio de Janeiro — uma das cidades mais agitadas do país —, ela tenta não enlouquecer com sua rotina de estudos e trabalho. Infelizmente, ela não contava que no seu último ano de faculdade, conheceria Miguel, um homem sedutor, lindo e enigmático, que para piorar, seria o seu professor e orientador. Sua vida finalmente ganharia um novo sentido... Ou complicaria de vez. Luciana sabia que deveria manter distância desse homem, no entanto, é tomada por uma atração avassaladora que caminha em direção aos perigos existentes. Conheça essa eterna jovem apaixonada e embarque em uma história sexy e intrigante, regada a muita paixão, amor, superação e desejo."


Luciana Vargas é uma jovem sonhadora  que mora sozinha após sua melhor amiga Lauren ter casado e  mudado para outro país. Como se a saudade e a sensação de abandono já não bastassem, precisa lidar com todo o estresse de estar no último ano da faculdade e ainda estagiar. Com isso, resolve "recomeçar" mudando seu visual e seus hábitos para que o ano seja incrível. 

"Não escuque, querida! Enquanto não aparece o homem certo... Divirta-se com os errados."

Luciana pega  carona todos os dias para a faculdade e trabalho com sua amiga Danielle (que é parte fundamental da trama), o que acaba a distraindo um pouco de sua monótona rotina. No entanto, após o início das aulas, a jovem tem a notícia de que sua professora está de licença maternidade e por isso terá outro orientador em seu trabalho de conclusão de curso, o professor Miguel Gesser.

"Por que temos de amar quem não nos ama?"

Miguel é um professor jovem, bonito e atraente que desperta olhares por onde passa, inclusive de Luciana e sua amiga. Tendo logo o professor bonitão como orientador, passam mais tempo juntos do que o normal e começa aí um perigoso jogo de sedução. 

"Nada é tão complicado [...] nós é que complicamos tudo."

Sabendo que a relação professor/aluna seria proibida e discriminada, ambos sabem que não podem se deixar levar, porém, movidos pelo desejo acabam se aproximando e criando algo a mais do que essa simples relação. No entanto, Miguel possui um passado escuro e repleto de segredos que vão colocar em risco tudo a sua volta. 

"Você saberá o que fazer quando chegar a hora. Não desista de seus planos e desejos sem tentar realizá-los. O maior arrependimento que temos em nossas vidas é de não termos tentado algo que realmente queríamos... [...] Você já tem o não [...] Corra atrás do sim!"

Medo, perigo, tensão, segredos, armadilhas e muita intriga vão fazer parte desta trama nos fazendo sentir um misto de emoções. Os personagens foram bem construídos, com personalidade, um passado sólido e atitudes reais, inclusive os secundários. Um clichê escrito de forma simples, com algumas cenas hot e um ponto que me incomodou bastante durante a leitura: a famosa frase "então soltei o ar que nem sabia que estava segurando". Essa frase foi citada mais de 5 vezes durante a leitura e acabou me dando a sensação de cansaço, pensei até em abandonar a leitura por conta disso mas foi até o fim e o livro me surpreendeu bastante (positivamente).

"A vida tem que continuar de alguma maneira."


É um livro de escrita fácil e fluída, cheio de reviravoltas, com cenas bem descritas e cenários bem construídos. As partes hot são realmente hot e o romance foi bem abordado, sendo construído aos poucos e nos fazendo sentir todas as emoções junto com a protagonista.


"... se você realmente o ama, e os motivos existentes para que não estejam juntos tenha a possibilidade de serem contornados. Ah, e também se ele não for nenhum serial killer, claro - não deixe de tentar ser feliz."


A diagramação ficou muito boa, com letras de tamanho confortável para leitura e páginas amarelas. Esteticamente o livro é todo trabalhado e cheio de detalhes nos cantos superiores e na divisão dos capítulos, que só acrescentam. A capa é bem sugestiva e combina perfeitamente com o clima do livro. 

Espero que tenham gostado, um beijo e um queijo ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário