terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Resenha: Orion o filho das trevas - Rodrigo Kilzer


Título: Orion - O filho das Trevas
Série: Orion (Livro 1)
Autor(a): Rodrigo Kilzer
Editora: Novo Século (Talentos da Literatura Brasileira)
Páginas: 366
Ano de lançamento: 2014 
Sinopse: "Fabio Flores tem dois melhores amigos a quem ele confia todos os seus segredos, inclusive seu amor não correspondido por sua melhor amiga, a bela e meiga Cecília, a namorada do seu maior desafeto e o aluno mais rico e popular do colégio: Luciano Albuquerque. A história de Fabio começa a tomar novos rumos após um terrível acidente em sua vida, levando-o a largar os estudos e os amigos passando a viver uma existência miserável. No auge de sua depressão, ele conhece um homem misterioso que lhe faz uma proposta tentadora. O jovem, então, se depara com um mundo sobrenatural que não imaginava existir, cheio de surpresas e perigos. Em meio a tantos novos e importantes desafios, Fabio precisará fazer uma escolha essencial entre em quem ele se transformou e quem realmente é – o que poderá custar não somente a sua vida, mas também a das pessoas a quem ama."

Fabio Flores é um adolescente inteligente, amigável e humilde, que estuda em uma das melhores escolas do Rio de Janeiro graças à sua inteligência, persistência e também pela luta de seu pai, Jorge, que faz o possível e impossível pela felicidade do filho. 


"Nesta vida, a felicidade de alguns atrai a inveja de outros, e a maior parte dessa negatividade vem de pessoas que não têm outros motivos para isso."

"... a solidão é um dos piores castigos que se pode aplicar a um ser humano."

Nunca deixou o fato de estudar em uma escola "de ricos" influenciar a sua vida, com isso mantém dois amigos verdadeiros consigo, Guilherme e Poubel, que como bons amigos compartilham tudo um com o outro e guardam a paixão secreta de Fabio por Cecília em segredo, já que a mesma namora com Luciano, o famoso "filhinho de papai" que se acha melhor do que todo mundo. 


"... o que faz um homem não são as coisas que ele usa, mas as suas atitudes."

" - Assumir e aceitar sua própria loucura é o primeiro sinal para se chegar ao equilíbrio mental."

Fabio sabe de todo o esforço de seu pai e compreende o fato de ele quase nunca estar presente, com isso se esforça para orgulhá-lo tirando boas notas e para ser alguém na vida. No entanto, desperta a inveja em Luciano, que deseja a todo custo fazê-lo mal para que possa prejudicá-lo e tirá-lo de seu caminho. 

"... não importava o quão forte fosse uma inimizade, a dor da perda deveria aproximar as pessoas e torná-las mais solidárias umas com as outras."

"Dizem que é melhor amar e perder do que nunca ter amado..."

Com a rotina do dia-a-dia correndo normalmente, no dia de seu aniversário seu pai resolve fazer uma surpresa e levá-lo para almoçar, porém, é atropelado antes de chegar ao destino e acaba sendo morto injustamente. Sentindo a dor da perda e sabendo que não foi um mísero acidente e alguém estava por trás, o desejo de vingança se torna incontrolável e então um homem misterioso chamado Sammael, aparece e lhe promete forças para conseguir concluir seu objetivo.

" - Não deixe que a raiva consuma seu coração."

" - Coração, a vida é uma só! Então, vamos aproveitar! Depois, quando estivermos bem velhinhas, só o que vai nos restar serão nossas recordações!"

Sem pensar muito, Fabio aceita sem saber o que o espera, e quando acorda já não é mais o mesmo. Orion está em seu lugar e precisará travar um enorme batalha para não se esquecer de quem era e buscar justiça pelo o que lhe fizeram. Descobrindo poderes e uma sede incontrolável de sangue, Fabio agora Orion, é um vampiro e irá precisar aprender a domar a si próprio para salvar aqueles que mais ama e combater o mal que pretende assolar o mundo. 


" - Só não deixe que sua busca o transforme em alguém que você não é! Muitos homens ficaram tão cegos em sua busca por justiça, que a transformaram em vinganças terríveis. Não se torne um desses homens."

"... as pessoas comuns não estão preparadas para aceitarem os verdadeiros segredos desse mundo."

O livro tem uma escrita muito fluída, o mistério foi bem desenvolvido e a trama bem roteirizada. Ambos instigam o leitor a continuar a leitura até chegar ao fim e ainda assim pedir por mais. O enredo aborda muitos temas como, preconceito, corrupção, drama familiar e adolescente e principalmente superação e crescimento. 


"O verdadeiro amor transcende a vida e a morte."

Os personagens foram desenvolvidos com maestria, todos possuem personalidade própria e "apareceram" na história na hora certa. O crescimento de cada um é nítido na trama, assim como o desenvolvido da escrita do autor. A mitologia criada pelo autor surpreendeu e me deixou ainda mais curiosa durante a leitura. Os cenários por ele criados foram bem detalhados mas não ao ponto de sobrecarregarem, e sim na medida ideal para que ficasse confortável e conseguíssemos imaginar tudo sem problemas.

" - Muitas vezes quando enfrentamos momentos difíceis, o que mais precisamos é de um abraço sincero."

A narrativa é em terceira pessoa, de modo em que somos apresentados a diversos pontos de vista paralelos. A diagramação ficou confortável para leitura, com letras grandes porém alguns errinhos de português. A capa ficou bem simples mas muito bonita e condiz com o contexto do livro perfeitamente. 


"... apesar da educação ser um direito, o conhecimento era um privilégio que deveria ser usado para transformar o mundo num lugar melhor."

O final deixou a desejar e algumas pontas ficaram soltas, mas isso se deve ao fato de ter uma continuação. 


"A maior parte do tempo ignoramos os sinais óbvios do nosso corpo para seguirmos com nossa vida normalmente."



"E chegou a conclusão de que de nada adiantava fazer planos, já que quando menos se espera a morte pode chegar e te levar. Tudo o que ele queria era viver cada dia como se fosse o último. Ele havia jurado que nunca mais iria perder tempo planejando. Viveria sempre o presente."

Recomendo por ser uma história inovadora e que surpreende bastante. 
Espero que tenham gostado, um beijo e um queijo ;*

Nenhum comentário:

Postar um comentário